• Darlan Romani faz a 2ª melhor marca da eliminatória e vai à final no Atletismo
  • Iniciado por G
0 Membros e 1 Visitante estão a ver este tópico.
  • Guilherme




Número 2 do mundo no arremesso de peso, Darlan Romani pisou no Estádio Khalifa com um semblante tranquilo, mas muito concentrado. Isolado do mundo nos últimos dias - ele chegou a desativar todas as suas redes sociais -, o catarinense sabia que só dependia de si para alcançar o objetivo inicial no Mundial de Doha, que era chegar à final da sua prova. Diferentemente de Londres 2017, quando parou na eliminatória, Darlan tratou de resolver sua situação logo no primeiro arremesso. Com 21,69m de marca, ele passou à final na segunda colocação geral. A decisão acontece no sábado às 14h05. O SporTV2 transmite todo o Mundial de Doha ao vivo, e o GloboEsporte.com acompanha em tempo real.

- A gente trabalha para isso. Estamos preparados para fazer um grande resultado. Muitos podem considerar que não, mas aqui é a etapa mais difícil, se classificar para a final. Temos de esperar até o sábado agora. Estou competindo internacionalmente contra esses caras desde 2016, isto tem me ajudado muito. Tenho que continuar batalhando, não acabou ainda. Agora é cabeça 200% na competição - disse o catarinense de Concórdia.

Darlan só não foi o melhor da eliminatória, porque o neozelandês Tomas Walsh arremessou 21,92m também na primeira rodada. Quem passou em terceiro foi o sérvio Armin Sinancevic, que fez 21,51m, melhor marca na carreira. Ao todo, 10 arremessadores passaram à final. Na decisão, cada um terá direito a seis arremessos, três a mais que na eliminatória.

Visando poupar-se para a decisão, Darlan deixou a eliminatória após a confirmação da classificação na primeira rodada. Dentre os cinco primeiros colocados, apenas Armin Sinancevic fez dois arremessos, conseguindo a vaga no segundo deles.

- Estou me poupando hoje, mas amanhã de manhã tem treino pesado. Minha cabeça agora está toda voltada para essa final. O mais difícil já passou - resumiu Darlan, que conseguiu o 10º maior arremesso de todos os tempos (22,61m) na Diamond League de Eugene, este ano.

Caso Darlan chegue ao pódio no sábado será a primeira medalha do Brasil no arremesso de peso em um Mundial de Atletismo. Além de Tomas Walsh, concorrem com o brasileiro o americano Darrell Hill (22,44m como melhor marca da carreira), o polonês Konrad Bukowieck (22,25m) e o tcheco Tomas Stanek (22,17m).

O recorde mundial do arremesso de peso pertence ao americano Randy Barnes, que arremessou 23,12m no dia 20 de maio de 1990 em Westwood, Estados Unidos.

https://globoesporte.globo.com/atletismo/noticia/darlan-romani-faz-a-2a-melhor-marca-da-eliminatoria-e-vai-a-final-no-mundial-de-atletismo.ghtml