• Atlético-MG formaliza reclamação contra a arbitragem; diretor solta o verbo
  • Iniciado por G
0 Membros e 1 Visitante estão a ver este tópico.
  • Guilherme


Os critérios da arbitragem na derrota do Atlético-MG para o Botafogo, por 2 a 1, deixaram o diretor de futebol do clube atleticano, Rui Costa, bastante irritado. Antes das explicações do técnico Rodrigo Santana, o dirigente assumiu a palavra para contestar muito a arbitragem de Bráulio da Silva Machado no Estádio Nilton Santos.

Rui Costa começou falando sobre as interpretações diferentes do árbitro em dois lances específicos: o pênalti marcado quando a bola bateu na mão de Igor Rabello, no fim do primeiro tempo (veja no vídeo acima), e a penalidade não marcada quando a bola teria batido na mão de Carli, na segunda etapa (veja no vídeo abaixo), quando o placar estava 2 a 0.

Para Rui Costa, foram pesos diferentes em casos semelhantes, que prejudicaram o Atlético na partida e interferiram diretamente no placar.

"Quando o jogo se decide não pela parte técnica e sim por outros motivos, eu preciso estar aqui. Preciso defender o interesse do nosso clube".
- Nós tivemos uma palestra de mais de uma hora ontem (sábado) com o Gaciba, que nós entendemos que foi uma palestra muito proveitosa. Tivemos oportunidade de dizer a ele, que é o comandante da arbitragem nacional, tudo que nós entendemos que tem equívocos - aceitáveis e inaceitáveis. O VAR veio para ajudar o futebol brasileiro, e disso eu não tenho nenhuma dúvida. Toda vez que se deixa uma lacuna e deixa para interpretação - e essa interpretação é feita com critérios diferentes, dependendo da camisa -, é muito preocupante. Eu não vi pênalti no lance do Igor Rabello. Nós tivemos inclusive ilustrações nessa palestra, com lances parecidos e se analisou o lance Grêmio contra o Athlético-PR e se entendeu que aquele lance, que para mim é mais ostensivo, até o gesto, e não haveria pênalti.

"Até admito que pudesse haver penalidade no lance do Igor, mas se há a interpretação positiva no sentido de que ele entendeu que o Igor Rabello cometeu o pênalti, não é possível que no lance do Carli não seja pênalti. Mesmo na interpretação ele tem que ter coerência."

https://globoesporte.globo.com/futebol/times/atletico-mg/noticia/atletico-mg-formaliza-reclamacao-contra-a-arbitragem-diretor-solta-o-verbo-muito-preocupante.ghtml